Mais Liberdade
  • Facebook
  • Twitter
  • Youtube
  • Instagram
  • Linkedin

2022-03-04

Por +Factos

Elevada dependência da Europa do gás natural russo

 

 

A Europa, mesmo depois das hostilidades da Rússia contra a Ucrânia, em 2014, ainda se encontra conectada energeticamente à Rússia através de enormes gasodutos.
Cerca de um terço do consumo de gás natural na Europa provém da Rússia, e ascende a quase 40% nos 27 estados-membros da UE. 

Segundo a Agência de Cooperação dos Reguladores da Energia(ACER), a maioria do gás natural importado por Portugal vem da Nigéria. A segunda fonte são os EUA, seguidos da Argélia e da Rússia, em quarto lugar. A primeira vez que Portugal importou gás natural da Rússia foi em 2019.

Em geral, quanto mais a leste nos deslocarmos na Europa, maior é a dependência em importações de gás russo, na medida em que vários estados europeus do antigo Pacto de Varsóvia e da antiga União Soviética dependem fortemente da Rússia para muito do seu consumo de gás natural.

Devido a desenvolvimentos recentes, no palco geopolítico e militar, entre a Rússia e a Ucrânia, Bruxelas já negoceia com países como Qatar, Argélia e Egito, para diversificar ao máximo os fornecedores de gás natural dos seus estados-membros. Qatar, Austrália e os Estados Unidos são os países que teriam flexibilidade para produzir mais, ou redirecionar para a Europa volumes tradicionalmente direcionados para outros mercados. 

Existe também uma preocupação com o abastecimento do norte da África. A Argélia fornece cerca de dois terços das importações anuais de gás de Espanha e Portugal, mas as tensões de longa data entre Argélia e Marrocos – particularmente sobre o disputado Saara Ocidental – são uma ameaça ao abastecimento.

Quanto às alternativas, segundo um estudo do think tank Bruegel, é reconhecido que “a Península Ibérica é um hub para terminais de importação de Gás Natural Liquefeito, proveniente, por exemplo, dos Estados Unidos".

 

Instituto +Liberdade

Em defesa da democracia-liberal.

  • Facebook
  • Twitter
  • Youtube
  • Instagram
  • Linkedin

info@maisliberdade.pt

© Copyright 2021 Instituto Mais Liberdade - Todos os direitos reservados

Este website utiliza cookies no seu funcionamento

Estas incluem cookies essenciais ao funcionamento do site, bem como outras que são usadas para finalidades estatísticas anónimas.
Pode escolher que categorias pretende permitir.

Este website utiliza cookies no seu funcionamento

Estas incluem cookies essenciais ao funcionamento do site, bem como outras que são usadas para finalidades estatísticas anónimas.
Pode escolher que categorias pretende permitir.

Your cookie preferences have been saved.