Mais Liberdade
  • Facebook
  • Twitter
  • Youtube
  • Instagram
  • Linkedin

2022-04-12

Por +Factos

Em Portugal são cobrados mais de 4 mil taxas e impostos | A Complexidade Fiscal afecta gravemente o crescimento económico e a competitividade do país

💸 Na passada sexta-feira, 8 de abril, o novo Ministro da Economia e do Mar, António Costa Silva, admitiu que o Estado poderá considerar um imposto adicional para os "lucros aleatórios e inesperados" que as empresas apresentem, devido ao aumento de preços do setor energético. Esta poderá ser mais uma taxa a acrescentar às mais de 4.300 taxas já existentes em Portugal, de acordo com um estudo da Confederação Empresarial de Portugal realizado em 2020, em parceria com a EY e a Sérvulo & Associados. Dessas taxas, 2.900 são cobradas pela Administração Central e 600 são “unicamente, da competência da Agência Portuguesa do Ambiente”.

Os autores do estudo revelam “diversas dificuldades” na recolha de informação, como falta de transparência sobre as taxas cobradas, dificuldade em identificar a base legal aplicável “(não sendo, por vezes, possível a sua determinação)”, falta de uniformização e “consequente dispersão e incompletude da informação”, complexidade da estrutura de cobrança e alocação de receita das taxas, “competência cumulativa de diversas entidades sobre diferentes aspetos de uma mesma taxa”. “Inclusivamente, tornou-se evidente o desconhecimento, por parte de algumas entidades, de parte das taxas cobradas por si próprias”, escrevem os autores.

A complexidade tributária que incide sobre as empresas e famílias em Portugal afeta gravemente a competitividade da economia portuguesa, tal como é assinalado por vários estudos internacionais. A Tax Foundation, no Índice de Competitividade Fiscal, avalia o sistema fiscal português como o quarto menos competitivo da OCDE (entre 37 países). Por outro lado, o International Institute for Management Development (IMD), no seu Ranking Global de Competitividade 2021, coloca Portugal na 53.ª posição em termos de política fiscal entre 64 países (no índice global, Portugal ocupa a 36.ª posição).
 

Instituto +Liberdade

Em defesa da democracia-liberal.

  • Facebook
  • Twitter
  • Youtube
  • Instagram
  • Linkedin

info@maisliberdade.pt

© Copyright 2021 Instituto Mais Liberdade - Todos os direitos reservados

Este website utiliza cookies no seu funcionamento

Estas incluem cookies essenciais ao funcionamento do site, bem como outras que são usadas para finalidades estatísticas anónimas.
Pode escolher que categorias pretende permitir.

Este website utiliza cookies no seu funcionamento

Estas incluem cookies essenciais ao funcionamento do site, bem como outras que são usadas para finalidades estatísticas anónimas.
Pode escolher que categorias pretende permitir.

Your cookie preferences have been saved.