Mais Liberdade
  • Facebook
  • Twitter
  • Youtube
  • Instagram
  • Linkedin

2023-01-20

Por +Factos

Evolução da capacidade de poupança das famílias portuguesas

A taxa de poupança bruta das famílias portuguesas caiu 97% no espaço de 9 meses, entre o 4.º trimestre de 2021 e o 3.º trimestre de 2022, para muito perto de uma taxa nula (de 7,7% para 0,2%). Por cada 100€ disponíveis, as famílias pouparam apenas 0,2€ no 3.º trimestre de 2022. Trata-se de um valor historicamente baixo, uma vez que a taxa anual mínima registada em Portugal, desde 1995, tinha sido de 6,8%, em 2017.

O período pandémico conduziu à significativa redução do consumo por parte das famílias (devido aos períodos de confinamento, elevadas restrições de movimentação, espaços comerciais ou de lazer encerrados, etc.), contribuindo, dessa forma, para elevadas taxas de poupança. Nos dois principais picos da pandemia, 2.º trimestre de 2020 e 1.º trimestre de 2021, a capacidade de poupança em Portugal era, respetivamente, de 19,3€ e de 14,2€ por cada 100€ de rendimento disponível.

No entanto, a escalada galopante da taxa de inflação e a subida das taxas de juro tem conduzido à queda abrupta da taxa de poupança, com grande parte das famílias a utilizarem as suas poupanças para fazer frente à subida do custo de vida.

Esta realidade tem-se verificado em toda a Europa, mas de forma mais significativa em Portugal, que já apresentava uma taxa de poupança muito abaixo da média da Zona Euro. A capacidade de poupança média entre as famílias da Zona Euro era de 13,2€ por cada 100€ de rendimento disponível no 3.º trimestre de 2022, cerca de 13% abaixo do verificado no 4.º trimestre de 2021, e 55 vezes acima da capacidade de poupança bruta das famílias portuguesas (0,2€). Actualmente, entre os países da Zona Euro com dados disponíveis, Portugal é o país com a mais baixa taxa de poupança das famílias.

É importante referir que os valores trimestrais apresentados, que têm como fonte oEurostat, diferem dos que são habitualmente apresentados pelo INE. Por exemplo, o INE refere que no 3.º trimestre de 2022 a taxa de poupança atingiu o valor de 5,1%. Isto acontece porque, enquanto o Eurostat apenas calcula a taxa de poupança para determinado trimestre, o INE calcula a taxa de poupança para o ano (12 meses) que termina nesse trimestre.

Instituto +Liberdade

Em defesa da democracia-liberal.

  • Facebook
  • Twitter
  • Youtube
  • Instagram
  • Linkedin

info@maisliberdade.pt

© Copyright 2021 Instituto Mais Liberdade - Todos os direitos reservados

Este website utiliza cookies no seu funcionamento

Estas incluem cookies essenciais ao funcionamento do site, bem como outras que são usadas para finalidades estatísticas anónimas.
Pode escolher que categorias pretende permitir.

Este website utiliza cookies no seu funcionamento

Estas incluem cookies essenciais ao funcionamento do site, bem como outras que são usadas para finalidades estatísticas anónimas.
Pode escolher que categorias pretende permitir.

Your cookie preferences have been saved.