Mais Liberdade
  • Facebook
  • Twitter
  • Youtube
  • Instagram
  • Linkedin

2021-10-29

Por Carlos Guimarães Pinto

+Liberdade em notícia: as próximas eleições e as próximas gerações

O Instituto +Liberdade não nasceu para preparar as próximas eleições. Nasceu para preparar as próximas gerações.

Tudo indica que em breve haverá eleições antecipadas. O cálculo político à esquerda assim o ditou.
Os próximos tempos irão ser irremediavelmente marcados pela espuma dos dias e pelas discussões próprias de campanhas eleitorais. É natural e saudável que assim seja.
Um dos princípios fundadores do Instituto +Liberdade é a defesa da democracia-liberal. Numa democracia-liberal a queda de um governo sem apoio maioritário no parlamento é algo natural. Não é uma crise política. 
Antes pelo contrário, é a política a funcionar como se espera que funcione. Numa democracia saudável, os governos caem quando perdem apoio maioritário. Nenhum democrata tem receio de eleições. Numa democracia saudável ter eleições não é uma crise política. Crise seria não haver eleições quando necessário. Crise é, na verdade, aquilo em que o país está enfiado há 20 anos e não houve estabilidade governativa capaz de o inverter.

O Instituto +Liberdade prosseguirá com o seu calendário. Nos próximos meses serão lançados dois livros que andam a ser trabalhados há meses e também uma pós-graduação. O projecto +Literacia foi reconfigurado para tornar as aulas mais atractivas para alunos de todas as idades e um novo piloto será lançado em breve. Todos os restantes projectos continuarão e serão apresentados nas datas previstas e o planeamento para novos projectos em 2022 continuará como sempre.

Entre os membros fundadores do Instituto +Liberdade contam-se pessoas de vários partidos. A grande maioria não tem atividade partidária. Entre aqueles que têm atividade partidária, é expectável que os interesses dessa vida possam não estar, em certas circunstâncias, alinhados entre si, principalmente em períodos eleitorais (mesmo entre aqueles que esperam alinhá-los mais tarde). É natural que assim seja numa democracia saudável, mesmo entre pessoas que partilham boa parte dos seus valores. Como é evidente, isso não se vai reflectir na atividade do Instituto que continuará com todas as atividades planeadas.

As eleições são um jogo de soma nula: Para uns ganharem, outros têm que perder. Mas o conhecimento, a literacia e a divulgação das boas ideias é um jogo de soma positiva.

Será sempre esse o jogo a que o Instituto +Liberdade se dedicará, independentemente da acção partidária dos seus membros e dirigentes. A capacidade de cimentar um conjunto de princípios, de fomentar a literacia económica e financeira, de levar as boas ideias a pessoas de todos os partidos é o que fará com que a prazo melhore a qualidade da discussão política e das decisões tomadas. Tem sido esse, e continuará a ser, o objetivo do Instituto +Liberdade, porque o Instituto não nasceu para preparar as próximas eleições. Nasceu para preparar as próximas gerações.


Carlos Guimarães Pinto
Director Executivo do Instituto +Liberdade

(editorial Newsletter +Liberdade em Notícia, de 29 Outubro 2021 | Fotografia tirada no primeiro Campus da Liberdade, que juntou cerca de 60 jovens em São Pedro do Sul, Set.2021)

Instituto +Liberdade

Em defesa da democracia-liberal.

  • Facebook
  • Twitter
  • Youtube
  • Instagram
  • Linkedin

info@maisliberdade.pt

© Copyright 2021 Instituto Mais Liberdade - Todos os direitos reservados

Este website utiliza cookies no seu funcionamento

Estas incluem cookies essenciais ao funcionamento do site, bem como outras que são usadas para finalidades estatísticas anónimas.
Pode escolher que categorias pretende permitir.

Este website utiliza cookies no seu funcionamento

Estas incluem cookies essenciais ao funcionamento do site, bem como outras que são usadas para finalidades estatísticas anónimas.
Pode escolher que categorias pretende permitir.

Your cookie preferences have been saved.